gallery/untitled-1

Contate-nos

BANDA / BAND

RELEASE

 

Rygel é uma estrela que tem 36 vezes o tamanho do sol situada na constelação de Orion. Essa estrela batizou em 2000 a eclética banda da Baixada Santista, com influências do Hard Rock ao Death Metal resultando num Metal bem moderno sem esquecer os fundamentos do bom Tradicional Heavy Metal.

Intitulado Revolution, é o terceiro álbum de estúdio e mais novo trabalho do RYGEL. Uma nova roupagem nas composições da banda, trazendo uma verdadeira renovação no estilo.

Composições do Revolution são inspiradas em conceitos de como a humanidade age nos tempos atuais; abordando conflitos extras-pessoas, estágios da vida, fé extrema, momentos de superação. Verdadeiro pedido de socorro da humidade, onde cada um de nós precisa rever seus conceitos e seguir em frente se reinventando.

O Álbum visualmente representa evolução significativa do RYGEL explorando os elementos que demostram cada composição. Sua belíssima arte gráfica foi criada pelo designer e integrante Vinnie Savastanno.

A pré-produção do novo álbum concebida por Wanderson Barreto, gravações Thiago Hospede e produções vocais Nando Fernandes.

Um dos grandes triunfos do álbum está evolução musical da banda, trazendo uma roupagem moderna, pesada e com seus riff melodiosos.

Revolution lançado em Maio de 2015 em todo brasil.

 

INTEGRANTES / MEMBERS

gallery/wandy
gallery/captura de tela 2017-09-20 às 14.42.46

VOCALS / GUITAR :

WANDERSON BARRETO

 

  • 13 de Julho de 1982
  • Santos, SP, Brasil

 

 

gallery/captura de tela 2017-09-20 às 15.02.32

BASS:

MATHEUS MANHÃES

 

  • 3 de Setembro de 1994
  • Santos, SP, Brasil

 

 

 

gallery/peter

DRUMS:

PEDRO COLANGELO

 

 

7 de maio de 1996

SÃO PAULO, SP, Brazil

 

 

Pedro Colangelo, toca bateria desde seus 14 anos. Embora não muito longa, sua vida musical foi marcada pela passagem em diversas bandas e projetos, mas nenhum com as proporções do que foi e continua sendo o RYGEL, quando se integrou a banda aos 18 anos de idade e foi responsável pelas baterias do terceiro álbum da banda, Revolution, de 2015. Pedro atribui a consolidação do seu modo de tocar a quatro bateristas em específico: Pat Torpey (Mr. Big), Sean Reinert (ex-Death, Cynic), Aquiles Priester (ex-Angra, Hangar, Noturnall) e, principalmente, Ingo Schwichtenberg (ex-Helloween). Além disso, Pedro fez aulas com diversos bateristas dos mais variados estilos, entre eles o baterista Xima, de Santos/SP, Jully Lee (Tagma, ex-Nervosa), Pedro Tinello (ALMAh) e o já citado anteriormente, Aquiles Priester.

 

 

GUITAR:

MARCIO GARCIA

 

  • 19 de Dezembro de 1981
  • São Bernardo do Campo, SP, Brasil